Em 2020, à medida que os países de todo o mundo foram forçados a entrar em confinamento, o número de jogadores online disparou.

No final de março de 2020, o número de utilizadores ativos e utilizadores simultâneos que jogavam ativamente na Steam (a plataforma de jogos online mais popular) atingiu um recorde histórico. Este recorde foi novamente ultrapassado um ano depois, em março de 2021, com a plataforma a atingir cerca de 27 milhões de utilizadores.

À medida que os jogos online se tornam cada vez mais populares, os cibercriminosos vão desenvolvendo novas formas para explorar esta tendência a fim de lucrarem com as mesmas. Na Primavera do ano passado, os investigadores da Kaspersky descobriram que houve um aumento significativo no número de deteções de antivírus para web de sites com nomes que exploravam o universo do gaming (nomes de jogos e plataformas). Este aumento foi de 54%, em relação ao número diário de redireccionamentos bloqueados em abril de 2020, em comparação com janeiro do mesmo ano.

Mesmo com a diminuição do confinamento na Primavera, o número de ataques na web que exploram o tema do gaming continuou a aumentar, atingindo um máximo histórico de quase 2.500.000 em novembro de 2020. Após um declínio no início de 2021, o número de ataques voltou a aumentar, atingindo os 1.125.010 em abril de 2021, um aumento de 34% face aos ataques registados em março deste ano.