HomeReviewsGuiasE-SportsMobile Gaming
CS SourceApesar de já ter uns bons anos, Counter-Strike: Source continua a ser um  dos jogos mais jogados na Internet, Lan Partys e competições de e-sports. Além disso, CSS continua a ser um bom jogo para uns torneios entre amigos, e criar um servidor "caseiro" para o efeito já não é assim tão complicado.

É dentro desses parâmetros que se enquadra o tutorial que vamos deixar de seguida. Este tutorial servirá para explicar de que forma é possível instalar um servidor de Counter-Strike: Source em ambiente Linux.

O tutorial foi criado por Rui Pedro Caldeira, um dos colaboradores da Wintech, e são dele as palavras que se seguem...

AVISO: Este tutorial será apenas em modo de texto pelo que requer especial atenção aos utilizadores menos frequentes de Linux.

A distribuição de Linux que usei foi o openSUSE 11.2 (http://software.opensuse.org/112/en ). A principal razão prendeu-se por esta distribuição facilmente poder ser instalada sem interface gráfica, claro que o grafismo ajuda muito, mas devido ao facto de estar a usar um Compaq Presario 1714EA (http://h10025.www1.hp.com/ewfrf/wc/document?docname=c00030284&tmp_task=prodinfoCategory&lc=en&dlc=pt&cc=br&lang=pt&product=95294), nota-se que a interface gráfica, pareceria mais uma interface encravada...

1º Passo: Navegue ao site do openSUSE (ou da sua distribuição favorita) e faça o descarregamento do ISO e queime um DVD com essa imagem.

2º Passo: Instalar o Linux

AVISO: Os comandos em Linux são case-sensitive ou seja uma letra maiúscula é considerada diferente de uma letra minúscula.

Abram uma janela de Terminal (Consola) ou se estiverem a trabalhar em modo de texto, é só introduzir estes comandos.

3º Passo: Autentiquem-se  na vossa máquina com o vosso utilizador e corram o seguinte comando: “ wget http://www.steampowered.com/download/hldsupdatetool.bin“.

4º Passo: De seguida vamos dar permissão de execução ao ficheiro que acabamos de descarregar com o comando: “ sudo chmod +x hldsupdatetool.bin “.

5º Passo: Descarregar as versões mais recentes das ferramentas necessárias com os comandos: “sudo ./hldsupdatetool.bin” e depois da conclusão do comando anterior,  “sudo ./steam “.

6º Passo: Criar a pasta “CSS” com o comando “mkdir CSS”

7º Passo: Descarregar os dados particulares ao CS:Source com o comando “ ./steam -command update -game "Counter-Strike Source" -dir CSS”

8º Passo: Vamos entrar na pasta onde fizemos o download do Source com o comando “ cd CSS” e vamos inicializar o servidor com o comando:

“./srcds_run -console -game cstrike +map (mapa: lista disponível em: http://gaming.wikia.com/wiki/Counter-Strike_maps) -maxplayers (Número de jogadores máximo) -autoupdate”

por exemplo um comando aceitável seria este: “ ./srcds_run -console -game cstrike +map de_dust -maxplayers 16 -autoupdate”.

Depois de o servidor estar a correr, é ligar-se a ele como a um servidor normal, necessita de saber o IP do servidor claro mas nada que não consiga saber rapidamente.

Para desligar o servidor basta a combinação de teclas “CTRL+C”. Para reiniciar o servidor basta executar o mesmo comando outra vez se não mudou de pasta. Se mudou de pasta e/ou reiniciou o computador, precisa de executar o comando “cd CSS” antes de dar o comando de execução do servidor.

 Autor: Rui Pedro Caldeira [Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de email ]


comments powered by Disqus
Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência online. Ao usar o nosso website, está a concordar com o uso dos nossos cookies em concordância com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui.